Você sabe que tem talento.

Você sabe que tem a ética do trabalho e a coragem. Você conhece pessoas com menos habilidade natural do que você.

No entanto, você não consegue avançar. Ou você se deparou com um problema: você aumentou, perdeu o fluxo e parou de melhorar.

Sua frustração aumenta. As dúvidas surgem. Você começa a se questionar. Talvez eu não seja tão talentoso quanto pensei? Talvez este não seja o show para mim, afinal? Talvez eu precise tentar outra coisa?

Esperar!

Antes de jogar a toalha, lembre-se de que este é o caminho trilhado por quase todas as pessoas de sucesso. Medo, frustração, insegurança (tremor de osso) e manchas planas são normais.

Mas você não pode cruzar os dedos, respirar fundo algumas vezes e torcer para que suas preocupações desapareçam. Eles não. Eles o perseguirão até o fim dos tempos, se puderem se safar.

Portanto, se você deseja aproveitar ao máximo seu talento, precisa adotar uma abordagem psicológica astuta (e baseada em evidências). Aqui estão algumas dicas.

Psicóloga em Nova Iguaçu, Psicologa de Nova Iguaçu, Consultas com Mulheres em Nova Iguaçu, Consultas com Família em Nova Iguaçu

Como aproveitar ao máximo seu talento: 7 segredos psicológicos

  1. Saiba que o primeiro bit é o mais fácil.

Muitas pessoas acreditam que é difícil começar. O começo não é difícil. Muitas vezes é divertido porque você só precisa fazer o que é bom. Se você é um atleta, você treina. Se você é um criativo, traz coisas ao mundo. Se você é um construtor, você faz as coisas. Se você é advogado, faz advocacia.

Se você tem alguma habilidade natural, é notado. Você entra no caminho rápido. A vida é ótima porque você é o Up and Comer. A perspectiva quente. De repente – as pessoas começam a ESPERAR coisas de você. Você espera coisas de si mesmo. E é aí que tudo vai para o sul. Portanto, esteja pronto para o outono – mas saiba que não é permanente. É apenas parte de aprender, crescer e melhorar.

  1. Expectativas maciças matarão seu sonho.

O momento mais comum para as pessoas caírem em busca de seus sonhos é quando sentem o Calor da Expectativa. A pressão pode vir de um treinador, um gerente, um pai, um professor, fãs – ou até nós mesmos. E é super difícil produzir o seu melhor trabalho quando seu objetivo principal é Não decepcionar alguém.

A desvantagem de Dreaming Big é constantemente sentir que você está ficando aquém. Portanto, anote seu grande objetivo, coloque-o de lado – tranque-o em uma gaveta – e comece a trabalhar. Procure melhorar. Tente atingir pequenos alvos. Um por vez.

Psicóloga em Nova Iguaçu, Psicologa de Nova Iguaçu, Consultas com Mulheres em Nova Iguaçu, Consultas com Família em Nova Iguaçu

  1. Não faça nada pelas palmas.

Honestamente, se o motivo de participar de qualquer jogo ou busca é ganhar elogios ou popularidade, você está se decepcionando. Os fãs são divertidos, mas os fãs são inconstantes. Eles não se importarão se você desistir da corrida, porque eles encontrarão alguém para seguir. Geralmente no dia seguinte. Então, faça o que fizer, faça você mesmo. Faça isso para melhorar. Faça isso quando estiver na varanda da casa de repouso e nunca terá que se arrepender de não ter entrado.

  1. Deixe seu corpo liderar sua mente.

Idealmente, queremos que a mente e o corpo tenham um papel igual, mas a mente tem uma tendência a assumir o controle quando começamos a agir bem. O sucesso entra em nossas cabeças. Temos um impulso psicológico, pensamos em como poderíamos melhorar, em detalhes técnicos … ajustes … possibilidades … GRANDEZA. Ahhh – agora estamos pensando demais.

Seja cuidadoso. Destruições exageradas fluem e instinto; impede o corpo de fazer o que foi treinado para fazer.

Portanto, quando você se sentir oscilando, volte ao que precisa fazer, e não a como você o fará. O corpo sabe; confia.

Psicóloga em Nova Iguaçu, Psicologa de Nova Iguaçu, Consultas com Mulheres em Nova Iguaçu, Consultas com Família em Nova Iguaçu

  1. Simplifique suas rotinas – mais do que você pensa.

Todos os melhores desempenhos compreendem a importância de rotinas consistentes e sólidas. Mas mesmo os melhores desempenhos geralmente os tornam MUITO complexos. E quanto melhor você ficar, mais será tentado a mexer com eles.

Quando você está passando por um período difícil ou plano, é importante retirá-los da forma mais simples possível. O mesmo com a sua conversa pessoal. Não se dê uma palestra de positividade. Apenas dê ao seu cérebro uma instrução simples (3 a 4 palavras) sobre o que você deve fazer a seguir. Em seguida, basta seguir suas próprias instruções.

  1. Atualize seus contratempos.

Entenda que, em qualquer busca que valha a pena, haverá contratempos, decepções e dias ruins. Haverá momentos em que parece que todos – até seus amigos – estão se saindo melhor que você.

Permita-se tempo para processar a decepção, mas não se afunde nela; especialmente, não o force a desistir cedo demais. Renomeie (ou aplique outra história) aos seus contratempos. Por exemplo: acabei de aprender outra maneira de não fazer isso. Farei melhor quando tiver uma experiência mais específica. Eu preciso aprender uma nova habilidade.

  1. Não se esqueça do lado da luz.

Sua missão não deve ser difícil, o tempo todo. Se começar a parecer assim, preste atenção. Especialmente se você começar a odiar praticar sua habilidade.

Muita literatura de sucesso defende a determinação de um objetivo – mas, psicologicamente, isso pode ser precário, especialmente quando as coisas dão errado. Persiga seus objetivos, mas certifique-se de ter outras saídas e maneiras de se sentir bem consigo mesmo. Hora de relaxar, recuperar – e aliviar – é essencial para a sua saúde e bem-estar. E você precisa disso para ir longe.